Publicado no blog dos nossos parceiros do Tiny ERP!

A crise do Coronavírus impôs uma digitalização de empresas e muitas lojas físicas jamais abrirão de novo. Algumas por terem infelizmente falido, mas outras tantas por questões de estratégia. Afinal, lojas físicas em bons pontos comerciais são muito caras!

Qual é o impacto na estratégia omnichannel ou multicanal nisso? Os clientes continuam buscando as melhores experiências de compra e sem dúvida, a entrega e devolução de mercadorias são parte fundamental nisso. Comprar online está cada vez mais fácil e o ponto comercial já não é mais tão importante. Mas sem as lojas físicas, como o cliente pode ter mais opções para receber seus produtos e ter uma melhor percepção da sua marca?

Nesse artigo, vamos abordar as alternativas para esse novo normal.

Por que sua loja precisa ser omnichannel?

Segundo a pesquisa anual da SAP de 2018, estão entre os principais pontos de desistência de compra no e-commerce, o valor alto do frete, o prazo e a demora na entrega. Portanto, a logística é um ponto crítico para as lojas virtuais.

Integrar os canais físicos e online é a chave para se aproximar dos clientes e reduzir custos logísticos. Entre essas integrações, estão a compra no online para retirada no físico e também a devolução em um endereço de uma mercadoria sem depender dos correios por exemplo.

Ponto de retirada

Os pontos de retirada, ou pick-up points, são locais próprios ou de parceiros onde os seus consumidores podem escolher retirar os seus produtos. Diversos países da Europa e EUA utilizam essa estratégia com enorme sucesso.

As principais vantagens são a facilidade para o cliente que pode agendar data e hora para retirada sem risco de problemas e dificuldades na entrega, e a redução de custos com transporte devido a centralização do envio das mercadorias. Estudos estimam que os lojistas tenham de 30% a 50% de redução quanto centralizam entregas.

Sem uma loja física, você pode usar serviços como os do Coworking Town para ter pontos de retirada em endereços mais próximos do seu consumidor. Mais opções de entrega significam menos carrinhos abandonados.

Logística Reversa

De modo análogo ao ponto de retirada, ter um local que facilite a devolução de uma mercadoria é ponto chave na retenção dos clientes. Quem já não teve algum problema na devolução de uma mercadoria? Por outro lado, quem já não teve uma boa experiência numa troca e voltou a comprar na mesma loja?

A dependência dos correios nesse processo de devolução, chamado de logística reversa, torna esse processo por muitas vezes traumático. Ao conseguir facilitar e simplificar essa questão, você ganha pontos com o seu consumidor.

Um estudo realizado pela Ebit concluiu que 92% dos clientes que fazem uma compra e precisam passar pelo processo de troca ou devolução voltariam a comprar na mesma loja se tiverem uma boa experiência de pós-venda. Dessa forma, se você quer se destacar é preciso olhar com atenção para a logística reversa como parte importante da experiência de compra.

Experiência de compra omnichannel

Um ponto comercial de prestígio, pode virar um ponto de retirada para compras realizadas no seu e-commerce. Mesmo sua empresa sendo 100% online, ter um apoio físico tem se mostrado altamente relevante na redução de custos, prazos e na facilidade para o consumidor.

Além disso, pontos físicos aumentam a percepção de valor para o seu cliente. São locais estratégicos que contribuem para diminuir objeções e a desconfiança de uma compra online, resultando em mais vendas.

Nesse novo normal, a eficiência na logística é um dos maiores diferencias que sua loja virtual pode ter. Isso não só vai evitar uma percepção negativa, bem como encantar clientes para transforma-los em promotores da sua marca.

Confira o nosso serviço de Endereço para e-Commerce, tenha o seu ponto de retirada e mais diversos outros benefícios.

Você sabia que pode aparecer na primeira página do Google imediatamente e de graça? Pois é, existe uma ferramenta ampla e gratuita chamada Google Meu Negócio que faz exatamente isso. Ela permite que sua empresa seja colocada no mapa e ainda gerencie as informações comerciais do seu empreendimento, como endereço, telefone, website, e-mail e horário de funcionamento.

Diversas pesquisas apontam que os consumidores buscam referências no Google antes de efetuar uma compra e essa ferramenta facilita justamente essa busca por informações. Além de fotos e detalhes comercias, é possível interagir com clientes passando a credibilidade necessária para vender mais.

Com a digitalização cada vez mais acelerada dos negócios, entender essa ferramenta passa a ser fundamental para garantir a presença digital eficiente da sua marca. Profissionais de marketing já exploram todas as possibilidades para otimizar seus resultados, então fique conosco e entenda como usar isso na sua empresa!

Benefícios do Google Meu Negócio

1. Cadastro no Google

Cadastrando a sua empresa na ferramenta, você consegue otimizar suas páginas para uma determinada localização. Dessa forma, quando os seus clientes fazem uma busca, o Google apresenta as empresas mais próximas desse local tanto no buscador quanto no Google Maps.

Esse registro garante que você apareça em posição privilegiada logo nos primeiros resultados. Além disso, ter suas informações completas também te ajuda a obter mais relevância no mecanismo de busca.

2. Interação com clientes

Um dos muitos recursos do GMN é permitir comentários e avaliações dos seus clientes no seu perfil. Essa interação transformou essa ferramenta em um excelente canal de comunicação para as empresas.

Você pode responder e criar uma forte aproximação social, além de poder usar os feedbacks para melhorar os seus produtos e serviços. A quantidade de avaliações e respostas deixadas também estimulam os novos comprovadores e aumentam as chances de realizar novas vendas.

3. Imagens e contatos

Informações em qualidade e quantidade geram bons resultados. Por isso, é importante incluir imagens profissionais do seu negócio para atrair a atenção do seu consumidor. Informações de contato completas e organizadas também são fundamentais para garantir que o seu cliente receba um bom atendimento, evitando passar uma imagem negativa.

4. Monitorar dados

Também é possível extrair relatórios e insights de ligações recebidas, visitas e de quantas pessoas solicitaram informações de como chegar. Com isso, você vai ter mais controle de quantas pessoas interagiram com a sua empresa e pode otimizar sua página para ser ainda mais relevante e gerar mais oportunidades!

Como se Cadastrar Google Meu Negócio

  • Acesse a página da plataforma e faça o login;
  • Preencha as informações solicitadas — nome da empresa, telefone, site e categoria de mercado;
  • Confirme a sua autorização para gerenciar a empresa;
  • Confirme o local do seu negócio. Para isso, você precisará confirmar o código enviado pelo Google via correios (de 7 a 15 dias úteis);
  • Adicione mais informações em sua página recém-criada — descrição da empresa, fotos, horário de funcionamento, etc.
  • Pronto! Agora a sua empresa está pronta para decolar! ; )
Lembrando que o Google Meu Negócio tem um aplicativo disponível na Apple Store e no Google Play.

Google Meu Negócio vale a pena?

Agora que você já conhece os benefícios, a resposta é óbvia. São poucos passos para se tornar relevante nas buscas e descobrir o que funciona melhor para os seus clientes!

Se você ainda não tem a sua conta, crie agora mesmo e incorpore na sua estratégia de marketing digital. Afinal, o Google Meu Negócio é uma ferramenta imprescindível para qualquer empresa e crucial na jornada de compra dos consumidores.

Se você pensa em estabelecer sua empresa ou expandir regionalmente consulte os nossos endereços e veja como podemos te ajudar na sua estratégia local.

Você sabe a diferença entre endereço comercial e endereço fiscal? Alguns empreendedores não sabem o que são ou acabam confundindo as duas questões, resultando em maiores investimentos para ter o escritório adequado para as suas empresas.

No entanto, essa questão pode ser menos complexa do que parece. Conhecendo essas alternativas, você pode ter um custo muito menor.

Para começar, vamos entender a funcionalidade de cada um deles:

Endereço comercial

Trata-se da “sede” social da sua empresa. É esse endereço que você vai divulgar em cartões de visita, páginas da internet ou anúncios publicitários para seus clientes e fornecedores conhecê-lo. Nele, você pode marcar reuniões, negociações e tudo o mais que teoricamente seria realizado na sede da empresa.

Endereço fiscal

É o endereço que deve constar no CNPJ, inscrição estadual e toda a documentação da empresa. Trata-se de uma localização que pode ser utilizada apenas para fins formais e tributários. É por isso que não é necessário manter as duas funções em um único endereço. Trata-se de naturezas distintas.

A diferença entre eles

O endereço fiscal pode ser a própria residência do empresário. Com isso, não é recomendável divulgá-lo para os seus clientes. Além de expor sua residência a todos, divulgar seu endereço residencial nem sempre trará credibilidade, já que, muitas vezes, trata-se de ruas pouco conhecidas. Sendo assim, você pode usá-lo somente para fins fiscais e estabelecer uma sede em local mais conhecido para questões de divulgação.

A importância de ter uma sede

Nesse momento, pode ser que você esteja se perguntando se não seria necessário alugar uma sala para firmar um endereço comercial. Entretanto, existe uma opção que vem sendo muito utilizada atualmente: os espaços de coworking.

Já imaginou firmar seu endereço comercial em uma dessas “casas”? Há espaços que permitem que seus utilizadores o definam como endereço fiscal e comercial da empresa.

Entretanto, a prática ainda traz alguns receios para ambas as partes, já que o empresário, muitas vezes, sente-se inseguro por registrar sua empresa em um endereço que não é totalmente dele.

Alguns espaços também temem o “sumiço” da empresa, sem que o seu endereço seja retirado de seus documentos fiscais. Para ambos os casos, há solução. Devemos salientar que há alguns pontos que devem ser observados antes de escolher um desses espaços.

Acompanhe:

  • legislação municipal: verifique, antes de mais nada, se a legislação do seu município permite o registro de diversas empresas no mesmo endereço. Informe-se também sobre todas as normas para efetuar esse tipo de registro;
  • normas locais: independentemente do que diz a legislação, cada local tem suas próprias normas internas. Você precisa se inteirar delas antes de definir um local de coworking como sede da sua empresa. Por isso, é importante conversar com os administradores e tirar todas as suas dúvidas.

Percebeu como você pode registrar seu endereço comercial e fiscal em um espaço de coworking? Se você gostou das informações deste post, entre em contato conosco e conheça nosso trabalho!

A busca por otimizar as operações, baixar os custos e manter a eficiência é um dilema para muitos empreendedores e profissionais autônomos. Diante desse cenário, os escritórios virtuais surgem como uma excelente opção.

O conceito de escritório virtual pode ser explicado como uma estrutura física que não depende do trabalho presencial do profissional, sendo utilizado para demandas que exijam um local físico como endereço de correspondência, endereço para abertura de empresa e atendimento presencial e telefônico de determinados clientes.

Muitas pessoas confundem escritório virtual com coworking, mas é exatamente essa necessidade de não estar presente no local que se consolida como a principal diferença entre esses dois modelos de negócio.

A seguir, listamos algumas das principais vantagens que mostram que o uso de um escritório virtual é uma excelente solução para profissionais autônomos e negócios em expansão.

Excelente custo-benefício

Ter um negócio físico de forma tradicional tende a ser caro para muitos profissionais porque envolve despesas com aluguel, IPTU, telefone e demais custos operacionais.

Além disso, para quem busca apenas ter um endereço empresarial e não necessita de grande estrutura, o custo-benefício é excelente, já que, além da questão financeira, existe a da imagem da empresa, que passa a se apresentar de forma mais organizada e preocupada em se posicionar com qualidade no mercado.

Agilidade e facilidade de operação

Algumas demandas específicas acabam fazendo com que se gaste muito tempo para gerenciá-las. Entre elas podemos citar a contratação de funcionários de serviços gerais para manter a empresa em ordem quanto à limpeza, por exemplo.

Ao contratar um escritório virtual, tudo isso vem incluído, fazendo com que o profissional tenha mais tempo para se dedicar às suas atividades, tornando-se mais produtivo.

Maior visibilidade dos seus serviços

Um dos grandes dilemas para muitos profissionais autônomos e pequenos empreendedores é usar um endereço residencial, fator que acaba prejudicando a visibilidade dos seus negócios.

Um escritório virtual permite, além de um endereço corporativo, que os serviços sejam apresentados de forma mais profissional, aumentando assim o interesse do público.

Atender demandas de forma personalizada

Um negócio físico tradicional tende a ter uma estrutura feita para o público geral, fazendo com que a atuação fique um pouco engessada quando se precisa fazer atendimentos mais personalizados.

O uso do escritório virtual facilita no atendimento de demandas de forma personalizada, pois a sua estrutura é flexível para se encaixar em qualquer situação, seja atender um grupo grande de pessoas, seja um cliente que dependa de uma apresentação mais técnica do serviço ofertado.

Gerenciamento eficiente da comunicação

Conseguir boa qualidade de comunicação, tanto interna quanto externa, é um desafio cotidiano de muitos profissionais. A logística por trás disso acaba sendo complexa em alguns casos, e determinados erros podem colocar todo o projeto a perder.

Ao contratar o serviço de um escritório virtual, pode-se obter mecanismos facilitadores da comunicação, como o recebimento e a organização de correspondência, e também uma secretária para gerenciar e transferir ligações. Dessa forma, mesmo estando em reunião ou até viajando você não vai deixar de atender nenhum cliente.

Tudo isso facilita a atuação da empresa como um todo, pela maior liberdade de tempo para o profissional atuar ou para o público consumidor, que poderá ser atendido com mais qualidade.

Quer saber tudo sobre inovação e empreendedorismo? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!