2 minutos de leitura

A redução de custos é uma das maiores preocupações das empresas independente do seu porte e de sua área de atuação. Para empreendedores de pequenas e médias empresas, o custo ao se estabelecer no mercado pode significar um empecilho, prejudicando sua competitividade e isso pode acabar com o sonho de montar seu próprio negócio. Pensando em diminuir custos, a utilização de escritório compartilhado tem sido uma prática cada vez mais frequente no Brasil e no mundo.

O escritório compartilhado veio a partir de uma nova forma de pensar o ambiente de trabalho na década de 90 e posteriormente aprimorado a partir das necessidades dinâmicas das startups de tecnologia. Surgia assim, no Vale do Silício, o espaço de coworking em 2005.

Neste post, você vai encontrar algumas vantagens da estabelecer sua empresa em um escritório compartilhado principalmente no que se refere à redução de custos. Acompanhe!

Conceito de coworking

Mais do que um modismo, o coworking é um novo significado do local de trabalho. Nesse ambiente você encontra uma infraestrutura montada para atendimento a todas as necessidades básicas de funcionamento de uma empresa.

A ideia primordial é que os custos fixos sejam compartilhados e rateados por todos os usuários do espaço físico. A cobrança é feita de acordo com o tempo e os recursos usados.

Vantagens de se usar um escritório compartilhado

São várias as vantagens de se utilizar um escritório compartilhado, boa parte delas relacionada à redução de custos. Veja algumas vantagens a seguir:

Baixo investimento

A utilização de um escritório compartilhado elimina a necessidade de efetuar um grande investimento inicial. O mobiliário, os utensílios, os aparelhos de refrigeração, impressoras e scanners, tudo isso está disponível e será cobrado apenas por sua utilização.

Pouca Burocracia

O escritório compartilhado é uma prestação de serviços, portanto, sem necessidades de fiador, comprovação de renda e também contratos longos.

Divisão das despesas

As despesas com aluguel, condomínio, imposto predial, energia, água serão diluídas por todos que usam o espaço, fazendo com que o valor individual seja bem menor. Incluem-se aqui, também, as despesas com material de limpeza e de escritório e os pagamentos para o uso de televisão a cabo e internet.

Compartilhar recursos humanos

Serão compartilhados os profissionais como secretária, auxiliares de serviços gerais, encarregados de limpeza, faxineiros, pessoal de segurança, reduzindo os custos operacionais.

Aumento da produtividade

Este tópico não se refere à redução de despesa e sim ao ganho na produtividade. Se compararmos com o home office, quando o empreendedor fica trabalhando em sua própria casa, a utilização de um escritório compartilhado traz um aumento considerável da sua produtividade. Isso ocorre pelo fato de ser um ambiente profissional, com menos situações que possam diminuir o foco em sua atividade. Além disso, o empreendedor não se preocupa com a operação e manutenção do espaço.

Aumento do seu networking

Sua networking, rede de contatos ou rede de relacionamentos, pode ser incrementada com a utilização de um escritório compartilhado. Você terá contato com outras empresas e outros profissionais que poderão ajudar em diversas necessidades e impulsionar as suas atividades.

E você? Tem vontade ou já utilizou um escritório compartilhado? Deixe seu comentário aqui!