Muita gente sonha em montar o próprio negócio e conquistar a independência financeira e profissional. Porém, você há de concordar que empreender não é fácil, pois envolve muitos desafios, como enfrentar a alta concorrência do mercado, a busca de um local apropriado para montar a empresa e os altos custos de manutenção do negócio. Ainda assim, pode ser muito gratificante e proporcionar autonomia e independência financeira por toda a vida.

Para alcançar os objetivos e obter o sucesso esperado, é preciso muita disciplina e atenção a alguns requisitos fundamentais para quem está começando a empreender. Por exemplo, você tem um bom diferencial em relação aos concorrentes? Fez um bom planejamento financeiro? Administra bem o seu tempo? Tem um local apropriado para sua empresa?

Conheça, a seguir, cinco dicas para fazer seu negócio crescer, conseguir novos clientes, reduzir seus custos e se destacar diante dos concorrentes.

Seja diferente dos concorrentes

Quem monta a própria empresa, deve estar sempre preparado para enfrentar a concorrência. Em ambientes de alta competitividade, características como inovação, tecnologia e diferencial da concorrência são muito importantes. Infelizmente, a maioria dos novos negócios no Brasil não é pautada pela inovação.

Observa-se que, no Brasil, apenas 6,3% dos empreendedores iniciais utiliza tecnologia nova, enquanto na China esse índice é de 33,1%, segundo pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (GEM). Procure um diferencial para seu empreendimento, contratando funcionários bem qualificados e investindo na formação e capacitação.

Faça um plano de negócios

Conhecer bem o mercado em que você deseja ingressar é o primeiro passo para assegurar um planejamento sólido e minimizar riscos. É preciso se basear em premissas lógicas: o produto ou serviço é competitivo? Agrega valor ao consumidor? Há boas perspectivas de crescimento? O negócio tem um foco claro? Procure entender as necessidades, hábitos e comportamentos dos clientes, estude os concorrentes e pesquise várias opções de fornecedores.

Invista no planejamento financeiro

Planejamento e visão clara de futuro aumentam a capacidade de o negócio ser bem-sucedido e minimizam riscos. Faça um levantamento completo do que é necessário para começar o seu negócio. Considere itens como espaço físico, mão de obra e matéria prima. E não se esqueça dos gastos de manutenção, como aluguel, água e energia elétrica. Verifique se o retorno sore o investimento é substancial e quanto tempo poderá se manter até começar a lucrar. Caso o capital inicial não seja suficiente, é possível conseguir um financiamento.

Saiba como administrar seu tempo

A aprendizagem de como e quando investir tempo e energia resulta em economia de tempo e dinheiro. Procure direcionar sua mente para tarefas específicas, sem distrações, e mantenha-se focado e produtivo. Uma dica é criar uma lista de tarefas, tanto para serem cumpridas no próprio dia quanto também a longo prazo. Destaque as prioridades e lembre-se de incluir os períodos reservados para as reuniões. Também é importante saber gerenciar as distrações, evitando excessos no uso de e-mails, celular e redes sociais, por exemplo.

Tenha um local apropriado para seu negócio

Ao alugar um imóvel para sediar sua empresa, atente para características como localização, facilidade de acesso, espaço útil, ofertas de serviços públicos na região, estacionamento, capacidade de armazenamento, entre outros fatores.

Uma solução pode ser optar por espaços de coworking, que possibilitam ter um grande espaço de trabalho sem a necessidade de se preocupar em gerenciá-lo. Além disso, compartilhar um espaço de coworking possibilita reduzir custos com estrutura, pessoal e serviços.

Como pode perceber, começar a empreender envolve desafios, mas pode ser bastante recompensador. Seguindo essas recomendações, você terá muito mais chances de alcançar os seus objetivos.

Você está pensando em montar o seu próprio negócio? Quer saber mais sobre inovação e empreendedorismo? Nos siga no Facebook, Twitter e Instagram e fique por dentro das novidades!