mercado imoveis comerciais flexiveis

As mudanças que o mundo tem passado em 2020 aceleraram as tendências por mais flexibilidade e mobilidade no local de trabalho. Isso significa que há um enorme desafio pela frente para os imóveis comerciais.

Um estudo feito pela JLL estima que 30% de todos os escritórios globalmente seja flexível de alguma forma até 2030. É esperado que o design dos escritórios continue a evoluir e tenha um papel ainda maior na promoção do bem-estar e da produtividade.

O objetivo da flexibilidade é fornecer aos trabalhadores opções que os ajudem a atender às suas demandas pessoais e profissionais, ao mesmo tempo que apoiam suas aspirações de carreira.

Nesse cenário, os executivos do setor imobiliário corporativo terão que navegar em um mundo mais complexo, aplicando soluções de espaço de trabalho em um espectro mais amplo de escolha, de espaço sob demanda a ativos mais tradicionais alugados ou próprios.

Flexibilidade em Imóveis Comerciais

Adaptação

A pandemia do Coronavírus está colocando pressão sobre os inquilinos, mas também tornando difícil para eles conhecerem exatamente as suas necessidades a médio prazo. Essa mudança está impulsionando a preferência por espaços de coworking ao invés dos imóveis comerciais tradicionais, já que nesses espaços os contratos são mais flexíveis e não tem necessidade de comprometimento a longo prazo, seguro fiança e outras burocracias.

O escritório continua sendo uma parte fundamental da cultura corporativa, mas à medida que mais empresas adotam ecossistemas corporativos mais distribuídos, a flexibilidade será a chave para a satisfação dos funcionários. Ao atrair e apoiar os melhores talentos, os formatos mais flexíveis têm o potencial de fortalecer as organizações e impulsionar o crescimento.

Descentralização

Para diminuir a densidade de seus locais de trabalho e apoiar programas de incentivo ao trabalho remoto, a maioria das grandes empresas está reconsiderando cuidadosamente a logística de suas equipes e as necessidades de seus imóveis comerciais.

A expectativa é uma mudança em direção a um modelo de hubs com escritórios mais próximos de onde as pessoas moram. Esses locais distribuídos podem ser facilmente instalados em espaços de coworking contratados conforme a necessidade específica de cada região.

Produtividade

Embora a capacidade de trabalhar em casa esteja se tornando perfeitamente possível, manter a produtividade fora do escritório pode ser difícil a longo prazo e os desafios enfrentados muitas vezes podem tornar o trabalho em casa uma escolha menos ideal.

As empresas estão deixando de enxergar o escritório como linha de despesa em uma planilha e passando a ver como um motor estratégico de transformação e desempenho dos funcionários. O foco será de manter os escritórios centrais que agreguem a cultura da empresa e resultem em melhores resultados financeiros no fim das contas.

Grandes Empresas

Escritórios Centrais

Os escritórios centrais estão se tornando cada vez mais um local de colaboração, conexão, inovação e interação social. O desejo por essas características não diminuiu.

Entretanto, os empregadores estão procurando soluções mais simples que economizem custos, reduzam o tempo de deslocamento e apoiem a boa saúde. Dessa forma, no longo prazo muitas grandes empresas podem ter menos demanda por longos aluguéis e estarão menos interessadas em possuir ativos.

Benefícios para funcionários

A lista de empresas que agora usam espaços de coworking está crescendo rapidamente. Algumas utilizam esses espaços conforme a necessidade, como para reuniões ou espaços para eventos maiores, enquanto outros já oferecem vouchers de coworking como parte da remuneração total de seus funcionários.

Para manter o moral alto e atrair novos funcionários, pode ser necessário oferecer uma solução mais flexível que permita às pessoas trabalharem como e onde quiserem e o coworking oferece essa flexibilidade.

Necessidade de Investimento

Sem estar vinculado a um contrato de longo prazo, o modelo de coworking permite que as empresas adicionem ou subtraiam o número de mesas que ocupam, o que simplifica tanto a contratação quanto o dimensionamento se comparado ao modelo tradicional em imóveis comerciais.

Esses espaços fornecem o máximo em agilidade para equipes em crescimento que atendem perfeitamente às necessidades de cada empresa em seu estágio particular de desenvolvimento. De modo geral, as empresas não precisam se preocupar com despesas de CAPEX ou OPEX, além da própria economia de custo.

Segurança da Informação

Trabalhar em casa também traz alguns perigos que muitas empresas ainda não consideraram, como por exemplo o descarte adequado de materiais confidenciais impressos e a falta de segurança na rede doméstica.

A segurança é crítica para os negócios e deve ser cuidadosamente planejada.

Coworking x Imóveis Comerciais

Mercado de Coworking

Com mais de 20.000 espaços de coworking já estabelecidos no mundo, o boom do coworking na última década pode ser identificado principalmente nos grandes centros urbanos.

No entanto, os especialistas estão prevendo que até 30% da força de trabalho global estará trabalhando remotamente vários dias por semana até o final de 2021. Essa tendência não apenas reforça a importância da flexibilidade, mas também marca um fenômeno emergente: o coworking está se movendo nas grandes cidades e nos subúrbios.

Além disso, a pandemia mudou a visão das pessoas sobre os centros das cidades, tornando-os menos desejáveis. Com quase todas as empresas (e economias) no mundo repensando suas estratégias de local de trabalho, os mercados em bairros longe do centro e em cidades menores estão se tornando cada vez mais ideais para espaços de coworking.

Lucratividade

A lucratividade nesses tipos de espaços de coworking é impulsionada pela alta densidade de assentos e serviços adicionais. Somado a isso, os operadores que possuem seus imóveis ou que firmaram acordos de parceria com proprietários e investidores estão mais propensos a ter melhores resultados.

Foi visando esse mercado crescente que moldamos o nosso modelo de franquia, buscando oferecer uma solução mais adequada para os imóveis comerciais. Nosso know-how permite que espaços antes ocupados por uma única grande empresa, agora sejam ocupados por dezenas de empresas menores.

Além de aumentar os lucros, a diversificação das receitas e o modelo dos contratos de prestação de serviços em vez do modelo convencional e burocrático do aluguel resultam em um fluxo constante de recebimentos com baixo risco de inadimplência.

Quer saber mais sobre como podemos ajudar a sua empresa com serviços de escritório sobre demanda? QUERO CONHECER OS SERVIÇOS!

Quer ser dono de um negócio e se estabelecer nesse mercado em forte crescimento? QUERO SER UM FRANQUEADO!