Em uma estratégia de vendas, saber o momento exato para se abordar um cliente em potencial pode ser decisivo para o sucesso de um empreendimento. Se tratando de marketing digital, essa prática não é diferente.

Identificar leads, bem como a melhor oportunidade para converter em vendas alguém que busca soluções nos serviços e conteúdos ofertados por você, é uma tarefa que demanda atenção. Para isso, é importante se ater a alguns detalhes.

Preparamos este artigo para colocá-lo por dentro do assunto, explicando o tudo o que você precisa saber sobre leads qualificados! Ficou interessado? Acompanhe!

O que é um lead?

Um lead nada mais é que uma pessoa que demonstra interesse pelos conteúdos, serviços e produtos oferecidos por sua sua marca.

A importância de consegui-los é simples: atrair potenciais clientes — aumentando o número de oportunidades concretas geradas pelo marketing —, melhoria na eficiência de vendas e eventual fidelização dos mesmos, dada a relação de confiança e satisfação estabelecida para com eles.

Como classificar um lead?

A necessidade de se classificar um lead surge no momento em que a equipe de vendas não é capaz de atender a quantidade gerada pela estratégia de marketing digital.

Para lidar com essa sobrecarga é vital criar critérios de separação de usuários. O mais comum entre grandes organizações é distinguir os que possuem clara intenção de compra dos que estão apenas interessados pelo conteúdo compartilhado pelo seu negócio, mas ele pode variar conforme a estratégia adotada pela empresa.

Leads podem ser divididos em dois grupos: MQL, sigla para marketing qualified lead, e SQL, sales qualified lead. O primeiro diz respeito a pessoa que tem consciência de um desafio que enfrenta, e busca a solução para tal no material produzido por sua empresa, enquanto o segundo, SQL, é o indivíduo disposto a adquirir a solução provida.

Embora seja mais importante investir algum tempo em leads qualificados — uma vez que possuem maior probabilidade de compra —, você não deve ignorar os demais. O ideal é reconhecer os perfis de seus clientes para agir da melhor forma possível!

Então, quando abordar um lead?

Diferente do visitante casual, um lead geralmente permite que você estabeleça contato por um meio de comunicação, possibilitando o envio de conteúdos que sejam do interesse dele, facilitando que qualquer dúvida seja sanada e promovendo a interação entre ele cliente e marca.

Muitas empresas não fazem distinção na hora de abordá-los, o que pode resultar em muito mais resistência se ofertado a alguém sem maturidade suficiente para a aquisição.

É possível avaliar a intenção de compra de um lead através do material consumido por ele, diferenciando os que estão em fase de aprendizado dos que estão preparados para a negociação.

Tenha em mente que leads não aproveitados no momento, não são desperdiçados: busque nutri-los periodicamente com emails relacionados a conteúdos que tenham apresentado interesse prévio, dessa forma é possível conduzi-los para a etapa seguinte do funil de vendas.

E então,leitor, gostou de aprender um pouco sobre leads qualificados? Acha que a informação foi útil? Siga nossas redes sociais — Facebook, Instagram e Twitter — e confira mais artigos!