Você sabe a diferença entre endereço comercial e endereço fiscal? Alguns pequenos empreendedores acabam confundindo as duas questões. Isso se soma às dificuldades em arcar com os custos de um espaço físico para montar o escritório da empresa.

Porém, essa questão pode ser menos complexa do que parece: endereço comercial não é a mesma coisa que endereço fiscal. Existem outras alternativas ao estabelecimento de uma sede para o escritório funcionar.

Para começar, vamos entender a funcionalidade de cada um deles:

Endereço comercial

Trata-se da “sede” social da sua empresa. É esse endereço que você vai divulgar em cartões de visita, páginas da internet ou anúncios publicitários para seus clientes e fornecedores conhecê-lo. Nele, você pode marcar reuniões, negociações e tudo o mais que teoricamente seria realizado na sede da empresa.

Endereço fiscal

É o endereço que deve constar no CNPJ, inscrição estadual e toda a documentação da empresa. Trata-se de uma localização que pode ser utilizada apenas para fins formais e tributários. É por isso que não é necessário manter as duas funções em um único endereço. Trata-se de naturezas distintas.

A diferença entre eles

O endereço fiscal pode ser a própria residência do empresário. Com isso, você não precisará divulgá-lo para seus clientes. Além de expor sua residência a todos, divulgar seu endereço residencial nem sempre trará credibilidade, já que, muitas vezes, trata-se de ruas pouco conhecidas. Sendo assim, você pode usá-lo somente para fins fiscais e estabelecer uma sede em local mais conhecido para questões de divulgação.

A importância de ter uma sede

Nesse momento, pode ser que você esteja se perguntando se não seria necessário alugar uma sala para firmar um endereço comercial. Entretanto, existe uma opção que vem sendo muito utilizada atualmente: os espaços de coworking.

Já imaginou firmar seu endereço comercial em uma dessas “casas”? Há espaços que permitem que seus utilizadores o definam como endereço fiscal e comercial da empresa.

Entretanto, a prática ainda traz alguns receios para ambas as partes, já que o empresário, muitas vezes, sente-se inseguro por registrar sua empresa em um endereço que não é totalmente dele.

Alguns espaços também temem o “sumiço” da empresa, sem que o seu endereço seja retirado de seus documentos fiscais. Para ambos os casos, há solução. Devemos salientar que há alguns pontos que devem ser observados antes de escolher um desses espaços.

Acompanhe:

  • legislação municipal: verifique, antes de mais nada, se a legislação do seu município permite o registro de diversas empresas no mesmo endereço. Informe-se também sobre todas as normas para efetuar esse tipo de registro;
  • normas locais: independentemente do que diz a legislação, cada local tem suas próprias normas internas. Você precisa se inteirar delas antes de definir um local de coworking como sede da sua empresa. Por isso, é importante conversar com os administradores e tirar todas as suas dúvidas.

Percebeu como você pode registrar seu endereço comercial e fiscal em um espaço de coworking? Se você gostou das informações deste post, entre em contato conosco e conheça nosso trabalho!