Ser criativo é muito importante para conseguir se destacar na sua área de atuação. Inovar, gerar ideias e se reinventar são parte desse contexto. Mas o que fazer para estimular a criatividade no trabalho?

Não existe uma resposta única para essa pergunta e por isso é necessário ir por partes. Nesse sentido, uma dica importante é fazer parte de um ambiente de trabalho que favoreça essa capacidade de criar. Uma boa solução para isso — e que muitos profissionais já estão buscando — são os espaços de coworking.

Em locais assim, a inovação é constante e se tem muitos profissionais para trocar ideias, compartilhar experiências e ampliar a visão de mercado.

Confira a seguir outras dicas bacanas para estimular a criatividade no trabalho.

Varie a busca por conhecimento

Normalmente buscamos conhecimento em fontes ligadas a nossa área de atuação. Isso é extremamente importante e não deve ser deixado de lado de maneira nenhuma.

A questão é que é necessário dar passos maiores, tais como buscar informações em outras áreas, especialmente aquelas que complementem o nicho de atuação escolhido.

Um arquiteto, por exemplo, pode aprender muito com profissionais de marketing e publicidade, visto que o conceito criativo é necessário em ambos os contextos.  Ele pode também aprender bastante com profissionais de vendas e assim ser mais criativo na hora de apresentar os seus serviços.

Essa variação ajuda o profissional a sair da zona de conforto e a ter mais elementos para atuar de forma criativa e funcional.

Valorize os insights

Alguns insights surgem do nada e muitas vezes não os valorizamos. É importante “dar voz” a todos eles, já que várias ideias bacanas podem surgir daí. Uma dica interessante é sempre anotá-los. Seja num bloco de papel ou em aplicativos no celular, o que importa é fazer o registro.

Outro fator importante são as pausas no trabalho. Quantas vezes a solução para um problema ou uma ideia criativa surgem justamente quando paramos de procurá-los e vamos dar uma volta ou tomar um café?

Criatividade e liberdade andam juntas. Então, por mais que exista a pressão para sermos criativos, é preciso driblá-la para estimular a criatividade no trabalho de maneira favorável.

É importante saber que o seu subconsciente tem todas as respostas e que você é capaz de encontrar a solução desejada. Por isso, acredito no seu potencial criativo: isso é essencial para o processo.

Peça opiniões

Independente do seu papel dentro da empresa — ou se você é um empreendedor autônomo —, é importante ouvir opiniões e estar aberto a sugestões. Para quem busca pensar fora da caixa e inspirar a criatividade, é preciso estar atento às diversas formas de ver uma mesma situação.

A visão de um atendente, por exemplo, pode ser bem diferente em comparação com a do diretor sobre determinado problema que existe na empresa. Sendo assim, é essencial buscar esse feedback.

Mas também pode-se ir além: ouvir clientes, profissionais da mesma área e outras pessoas que tenham ligação com o seu negócio favorece a compreensão e é um grande estímulo para a criatividade no trabalho.

Lembra que no início falamos sobre espaços de coworking? Que tal se aprofundar no assunto e conhecer todos os benefícios que esse tipo de local apresenta? É simples: confira nosso artigo especial sobre o tema!